14 de janeiro de 2011

Poemas de Alegria!



Por que de poemas
Sempre tristes?
Bem cedo a caminhar,
Eles gostam da Alegria!
Em ver o Sol resplandecer!
Como no dia chover!
Tantos Luares a chegar,
Mesmo em Lua Nova,
Oras, não deixa de lá estar.
Os belos lírios orvalhados nos campos!
O colibri a sugar as entranhas da flor!
Cantar o Amor num belo luar em beira mar!
Splendide! Bellissimo!
Ou mesmo aquele chamego gostoso na voraz areia da praia!
As belas telas de pintores!
Nas quais embarcamos em sonhos pitorescos!
Veja lá Nobre Poeta!
Veja sua Poesia Cantar!

Paulo Boechat.


Um comentário:

  1. com essa alegria radiante que começo o dia...obrigado e bejuxus...

    ResponderExcluir